Tag Archive for: instrumentos obsoletos

Glass harmonica, glass armonica, glass harmonium, bowl organ, hydrocrystalophone, armonica ou harmonica são termos ingleses para harmónica de vidro, idiofone de fricção criado por Benjamin Franklin em 1761. É constituído por uma série de taças de vidro de diferentes tamanhos. Mozart, Beethoven, Martini, Hasse, Galuppi, Jomeli e Glinka compuseram para harmónica de vidro.

ETIQUETAS

  • idiofone de fricção
  • Instrumentos obsoletos
Partilhe
Share on facebook
Facebook

Glass harmonium, glass harmonica, glass armonica, bowl organ, hydrocrystalophone, armonica ou harmonica são termos ingleses para harmónica de vidro, idiofone de fricção criado por Benjamin Franklin em 1761. É constituído por uma série de taças de vidro de diferentes tamanhos. Mozart, Beethoven, Martini, Hasse, Galuppi, Jomeli e Glinka compuseram para harmónica de vidro.

ETIQUETAS

  • Idiofones de fricção
  • Instrumentos obsoletos
Partilhe
Share on facebook
Facebook

Sarrusofone é uma família de instrumentos transpositores patenteados e produzidos por Pierre-Louis Gautrot em 1856. Foi chamado sarrusofone por causa do maestro de bandas Francês Pierre Auguste Sarrus (1813-1876), idealizador do instrumento. Foi criado para servir como substituto, em bandas, do oboé e do fagote, cuja potência sonora não atendia os requisitos necessários para se tocar em lugares abertos.

A 24 de maio de 2024, o Museu Nacional da Música (Portugal, Mafra) recebeu três novos instrumentos da coleção (soprano, alto e baixo) fabricados por volta de 1870, em França, pela Gautrot-Marquet. Em Portugal, a presença do sarrusofone está bem documentada entre o último quartel do século XIX e o começo do século XX. Apesar disso, o Museu Nacional da Música não dispunha de um único exemplar.

Fonte: MNM

Sarrusofone, foto Museu Nacional da Música

Sarrusofone, foto Museu Nacional da Música

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Datado do século XVI, o serpentão é um instrumento de sopro da família dos metais, com bocal e corpo longilíneo e serpenteado (de onde lhe vem o nome). Foi muito popular durante o século XIX, principalmente em orquestras e bandas militares. 

É um instrumento de sopro do grupo 423 (no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais), um aerofone de bocal (também chamado de palheta labial) em que os lábios do executante causam diretamente a vibração do ar.
Serpentão, em Português

Serpentão, em Português

ETIQUETAS

  • Instrumentos de sopro de metal
  • Aerofones de bocal
Partilhe
Share on facebook
Facebook