Tag Archive for: instrumentos musicais dos EUA

Auto-harpa (ou autoharp, em Inglês) é um cordofone da família das cítaras originário dos Estados Unidos da América. Foi originalmente uma marca registada da empresa Oscar Schmidt, mas o termo passaria a ser usado para cítaras de mão de outros fabricantes.

Possui uma série de barras de acordes anexadas aos amortecedores que, quando pressionadas, silenciam todas as cordas que não fazem parte do acorde pretendido. A auto-harpa continua a ser utilizada na música tradicional norte-americana, como o antigo country (música dos Apalaches), bluegrass e folk. Foi usada também no rock, pela banda The Beach Boys no álbum Today! (1965).

É fácil de tocar como um instrumento rítmico mas também pode ser instrumento melódico.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Instrumentos começados por a
Auto-harpa, EUA

Auto-harpa, EUA

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Clavinet é um instrumento de tecla elétrico desenvolvido nos Estados Unidos da América pela empresa Hohner, na década de 1960. Consiste em uma estrutura de madeira com teclas e cordas metálicas que são percutidas por pequenas palhetas de metal. Ele é tocado utilizando o mesmo estilo de dedilhado de um piano ou de um cravo. O som resultante é amplificado eletronicamente e pode ser modulado usando vários efeitos, como filtros e pedais de expressão.

Uma das características distintivas do Clavinet é seu timbre característico, que pode ser descrito como um som percussivo e funky. Sua sonoridade única tornou-o popular em estilos musicais como o funk, soul, rock e música eletrónica. Ele foi usado em muitas gravações famosas, incluindo faixas de artistas como Stevie Wonder, The Beatles, The Rolling Stones e muitos outros.

O Clavinet também era conhecido por sua durabilidade e portabilidade, o que o tornava um instrumento prático para músicos em digressão. No entanto, devido ao avanço da tecnologia, especialmente a partir dos anos 1980, o Clavinet foi gradualmente substituído por teclados eletrónicos mais avançados.

Apesar de não ser mais tão amplamente usado como em décadas anteriores, o Clavinet ainda é valorizado por músicos e colecionadores de instrumentos vintage, devido ao seu som distintivo e seu papel histórico na música popular. Muitos fabricantes de teclados ainda oferecem emulações digitais do Clavinet, permitindo que os músicos recriem seu som clássico em espetáculos ao vivo ou em gravações.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Instrumentos de tecla
  • Instrumentos começados por c
Clavinet, instrumento de tecla, EUA

Clavinet, instrumento de tecla, EUA

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Octoban é uma marca de tambores criada em 1978 por Billy Cobham, renomado baterista de jazz e fusion. Os tambores octoban são únicos por sua forma longa, estreita e cilíndrica. Eles são afinados para produzir tons específicos e podem adicionar uma sonoridade distintiva às performances musicais.

Os tambores octoban são geralmente feitos de acrílico transparente ou fibra de vidro. Eles são tocados com baquetas de bateria e são projetados para serem usados como tambores adicionais em um kit de bateria. Os músicos geralmente os posicionam em uma configuração de montagem vertical, paralelos à bateria principal, para fácil alcance durante a execução.

Os tambores octoban têm sido amplamente utilizados em géneros musicais como jazz fusion, funk, rock progressivo e música eletrónica. Adicionam variedade e textura às composições musicais. Muitos bateristas famosos, além de Billy Cobham, como Terry Bozzio e Neil Peart, também incorporaram o uso de tambores octoban nos seus espetáculos.

Em resumo, os tambores octoban são um instrumento musical exclusivo que oferece uma variedade de sons e é amplamente utilizado por bateristas em diferentes estilos musicais.

(com IA)

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • tambores percutidos
  • Instrumentos começados por o
Octoban, EUA

tambores Octoban, EUA

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Boobam é um membranofone tradicional dos Estados Unidos da América constituído por tambores de alturas diferentes, dispostos num tripé.

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Instrumentos começados por b
Boobam, EUA

Boobam, EUA

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Autoharp (ou auto-harpa, em Português) é um cordofone da família das cítaras originário dos Estados Unidos da América.
Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável. Nos instrumentos da categoria “cordofone”, o som é produzido principalmente pela vibração de uma ou mais cordas tensionadas.
ETIQUETAS
  • Instrumentos musicais dos E.U.A.
  • Família das cítaras
  • Instrumentos começados por a
Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Whamola é um instrumento musical inventado pelo baixista Les Claypool, da banda de funk-jazz Primus, no início dos anos 90. O instrumento consiste em uma única corda esticada sobre uma caixa de madeira ou metal, montada em uma haste vertical.

O Whamola é tocado com uma combinação de técnicas de dedilhado, beliscões e uso da mão livre. Ao tocar a corda e manipular a tensão ao longo da haste, os músicos podem criar uma variedade de sons, desde graves profundos até notas agudas. O timbre característico do Whamola é semelhante ao de um baixo elétrico, mas com um caráter mais peculiar.

O instrumento é conhecido por sua capacidade de produzir glissandos (deslizamentos de tom) suaves e efeitos sonoros únicos. É comumente usado para adicionar texturas e solos interessantes em espetáculos de música funk e jazz, mas também encontrou seu lugar em outros géneros musicais, como rock e experimental.

Embora o Whamola tenha sido popularizado por Les Claypool, outros músicos também o utilizam nas suas composições e atuações. É considerado um instrumento relativamente raro e especializado, que atrai músicos em busca de sonoridades distintas e experimentais.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável. Nos instrumentos da categoria “cordofone”, o som é produzido principalmente pela vibração de uma ou mais cordas tensionadas.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Instrumentos começados por w
Wharmola, Eua

Wharmola, Eua

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O banjolim é instrumento híbrido, uma variante que combina características do banjo e do Bandolim. Ele tem um corpo semelhante ao do banjo, geralmente forma de cabaça, e um braço e trastes semelhantes aos do Bandolim.

O banjolim geralmente possui um corpo redondo, feito de madeira, com uma pele esticada sobre ele. Essa pele, geralmente feita de couro de animal, é responsável pelo timbre característico do banjo. O braço do banjolim é semelhante ao do Bandolim, com trastos e um headstock em forma de leque.

A afinação do banjolim pode variar dependendo do estilo musical e da preferência do músico, mas geralmente é afinado em quintas, como um Bandolim, ou afinado em gama aberta, como um banjo. É comumente usado em estilos de música folclórica, como bluegrass, folk e música celta.

O banjolim pode ser tocado com uma palheta ou dedilhado com os dedos. Como é um instrumento de corda, são usadas técnicas de fricção para criar expressividade na música.

O banjolim ganhou popularidade no século XX, principalmente nos Estados Unidos, como um instrumento versátil, com uma sonoridade única que combina elementos do banjo e do Bandolim.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável. Nos instrumentos da categoria “cordofone”, o som é produzido principalmente pela vibração de uma ou mais cordas tensionadas.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Família dos alaúdes
  • Instrumentos começados por b
Banjolin, Eua

Banjolin, Eua

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O dulcimer é um instrumento de corda semelhante a um pequeno harpa horizontal, que é tocado com os dedos ou com baquetas. Ele possui um corpo em forma de caixa ressonante e um número variável de cordas esticadas sobre uma estrutura de madeira.

Originalmente, o dulcimer era um instrumento popular no Oriente Médio, principalmente nas regiões que correspondem ao Irã e ao Iraque. No entanto, a versão americana do dulcimer, chamada de “dulcimer dos Montes Apalaches” ou “dulcimer de folia”, foi desenvolvida pelos imigrantes europeus que se estabeleceram na região dos Montes Apalaches, nos Estados Unidos, durante o século XVIII.

O dulcimer dos Montes Apalaches possui uma construção mais simples em comparação com o dulcimer tradicional, com menos cordas e uma afinação mais simples. No entanto, manteve a essência do som do instrumento original.

O instrumento se popularizou entre os colonos europeus nos Montes Apalaches, tornando-se um instrumento tradicional da música folclórica da região. Com o passar do tempo, o dulcimer foi sendo adaptado e ganhando diferentes variações e técnicas de execução, sendo utilizado tanto em apresentações a solo como em conjuntos musicais.

Atualmente, o dulcimer é apreciado em diferentes estilos musicais, desde a música tradicional dos Montes Apalaches até géneros contemporâneos, como o folk e o bluegrass. Também é utilizado em diferentes partes do mundo, além da América do Norte, e é reconhecido por seu timbre doce e melódico.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais dos Estados Unidos da América
  • Família do dulcimer
  • Instrumentos começados por d
Dulcimer, Eua

Dulcimer, Eua

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Banjo é um cordofone dedilhado com caixa redonda e braço comprido trastejado. Foi criado por afro-americanos e é típico da música “country” norte-americana. 

Passou a ter um papel significativo na música popular americana a partir do século XIX, especialmente na música country, bluegrass, folk e jazz.

Originário da África Ocidental, foi transportado pelos escravos para a América do Norte. Com o passar do tempo, o banjo foi se adaptando e evoluindo, tanto na sua construção quanto na sua utilização em diferentes estilos musicais.

O instrumento consiste em uma caixa de ressonância circular, geralmente feita de madeira, com uma pele esticada em cima dela. O braço do banjo é longo e possui trastes, semelhantes aos encontrados em guitarras. As cordas do banjo podem variar em número, mas geralmente são quatro ou cinco. Algumas variações do instrumento, como o banjo tenor e o banjo de doze cordas, também são encontradas.

O som característico do banjo é produzido pelo dedilhado das cordas, geralmente com o auxílio de um pics (plectro), uma espécie de palheta utilizada para amplificar o som. O seu timbre é brilhante, percussivo e distintivo, com notas curvas e rápidas, o que contribui para seu uso em estilos musicais que requerem ritmos animados e técnicas complexas de dedilhado.

O banjo teve um papel importante na disseminação da música popular americana em todo o mundo, além de ser um ícone cultural associado à cultura rural dos Estados Unidos. Nos últimos anos, o banjo tem sido utilizado em uma variedade de géneros musicais, desde pop até rock e até mesmo hip-hop, demonstrando sua versatilidade e capacidade de adaptação às tendências contemporâneas da música.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável. Nos instrumentos da categoria “cordofone”, o som é produzido principalmente pela vibração de uma ou mais cordas tensionadas.

ETIQUETAS

  • Instrumentos tradicionais dos E.U.A.
  • Instrumentos de corda dedilhada
  • Família dos alaúdes
  • Instrumentos começados por b
Banjo, Eua

Banjo, Eua

Partilhe
Share on facebook
Facebook