Tag Archive for: instrumentos musicais da China

O lusheng é um instrumento musical tradicionalmente usado pelas minorias étnicas do Sudoeste da China, como os Miao, Dong, Yi, entre outros. É um aerofone de madeira, semelhante a uma flauta ou gaita de foles, com variantes de acordo com a região.

O instrumento é constituído por quatro a seis tubos, cada um com seu próprio orifício. Cada tubo produz uma nota diferente, permitindo a criação de harmonias e melodias quando tubos são tocados em conjunto.

O lusheng é tradicionalmente feito do material chamado “comu”, que é uma espécie de bambu. No entanto, é possível encontrar versões modernas do lusheng, que são feitas de metal ou plástico.

O lusheng desempenha um papel importante nas celebrações e festas locais das comunidades étnicas que o utilizam. É frequentemente utilizado em rituais religiosos, festas de casamento, festivais agrícolas e outras ocasiões festivas, onde é tocado em grupos para criar uma sonoridade ampla e vibrante. É usado como um símbolo cultural e identitário das minorias étnicas do Sudoeste da China.

(com IA)

É um instrumento de sopro do grupo 422 (no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais), um aerofone de palheta em que o músico sopra colocando a palheta em vibração.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • Aerofones de palheta livre
  • Instrumentos começados por l
Lusheng, China

Lusheng, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Flower pot drum é a designação inglesa para uma subcategoria de tambores unimembranofones, em forma de vaso, existentes na China e outros países.

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. 

  • Instrumentos musicais da China
  • tambores percutidos
  • tambores em forma de vaso
  • Instrumentos começados por f
Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Bofu é um instrumento musical de percussão tradicional da China. É um tambor bimembranofone, o que significa que possui duas membranas esticadas nas extremidades do corpo em formato de barril.

O corpo do Bofu é geralmente feito de madeira e possui aberturas nas laterais para permitir a ressonância do som. As membranas podem ser feitas de pele de cabra ou pele de peixe, e são esticadas usando cordas ou tiras de couro.

Toca-se Bofu usando as mãos ou baquetas, dependendo do estilo de música a executar. Geralmente, as técnicas de tocar o instrumento incluem batidas, rotações e até mesmo pressões nas membranas para produzir uma variedade de sons e ritmos.

Na cultura tradicional chinesa, o Bofu é frequentemente usado em festivais, cerimónias e apresentações musicais. É especialmente popular no norte da China, onde é muitas vezes usado em conjuntos de percussão chamados de “banhu”.

O som do Bofu é rico e poderoso, e sua presença nos conjuntos musicais chineses adiciona uma qualidade vibrante e enérgica à música.

(com IA)

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. 

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • tambores percutidos
  • tambores em forma de barril
  • Instrumentos começados por b
Bofu, tambor bimembranofone em forma de barril, China, Hangzhou,1870

Bofu, tambor bimembranofone em forma de barril, China, Hangzhou,1870

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O yang ch’in é um instrumento musical tradicional chinês que pertence à família dos dulcimers percutidos. É semelhante ao yangqin ou yang quin, que também são nomes usados para se referir a ele. O instrumento tem forma trapezoidal e é geralmente feito de madeira, com cordas metálicas esticadas sobre sua superfície.

O yang ch’in é tocado com dois pequenos martelos, geralmente feitos de madeira ou de osso, que são usados para percutir as cordas. Cada corda é afinada individualmente e a altura do som pode ser ajustada ao mover os sulcos presentes na parte inferior do instrumento. Os músicos tocam as notas pressionando as cordas com os martelos e, em seguida, percutindo-as com um movimento rápido.

Esse instrumento produz um som característico, rico em harmónicos, e pode ser usado tanto como um instrumento solo quanto em grupos musicais tradicionais chineses. O yang ch’in é bastante versátil e pode ser utilizado em diversos estilos musicais, desde música folclórica até música clássica chinesa.

O yang ch’in tem uma longa história na cultura chinesa e é considerado um instrumento icónico da música tradicional chinesa. Nos últimos anos, também tem ganho popularidade em outras partes do mundo, sendo frequentemente utilizado em concertos de música contemporânea e em colaborações interculturais.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • Instrumentos de corda percutida
  • Família do dulcimer
  • Instrumentos começados por y
Yang ch'in, China

Yang ch’in, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O beigehu é um instrumento relativamente novo na tradicional música chinesa. Foi desenvolvido por Yang Yusen na década de 1940 e é uma variação do diyingenhu, outro instrumento chinês da família huqin.

O beigehu possui uma caixa de ressonância semelhante ao contrabaixo, mas menor em tamanho. É tocado com um arco de crina de cavalo e tem quatro cordas, normalmente afinadas em Dó-Sol-Ré-Lá. No entanto, a afinação pode variar dependendo do contexto musical.

Em termos de timbre, o beigehu tem um som profundo e encorpado, similar ao do contrabaixo. Por essa razão, ele é geralmente usado para tocar a linha de baixo e fornecer uma base sólida na música chinesa.

Embora não seja tão conhecido quanto alguns dos instrumentos tradicionais chineses mais famosos, como o erhu ou o pipa, o beigehu tem ganho popularidade em alguns círculos musicais e é usado em uma variedade de estilos musicais, incluindo a música folclórica chinesa moderna e até mesmo no jazz fusão chinês.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • Instrumentos de corda friccionada
  • Cordofones de arco
  • Instrumentos começados por b
Beigehu, diyingehu, China

Beigehu, diyingehu, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Bolang gu é um instrumento musical de origem chinesa. Ele faz parte da família dos membranofones, que produzem som através da vibração de uma membrana esticada. O instrumento é composto por duas membranas circulares, geralmente feitas de pele de animal, unidas por um cabo.

O cabo do Bolang gu tem uma característica especial: ele pode rolar verticalmente entre as palmas das mãos do executante. Esse movimento faz com que cada missanga, presa por um fio, bata na sua respectiva membrana. O ritmo e a velocidade do instrumento são controlados pelo executante, que imprime seus movimentos ao rolar o cabo.

O Bolang gu é utilizado principalmente por crianças como um brinquedo sonoro. Ele é popular por produzir um som vibrante e divertido, que atrai a atenção das crianças. Além disso, a sua construção simples e seu manejo fácil tornam-no acessível e adequado para o uso infantil.

Embora seja mais comumente utilizado por crianças, o Bolang gu também pode ser apreciado por adultos durante apresentações musicais ou em contextos folclóricos. É um instrumento bastante versátil, podendo ser incorporado a diferentes estilos musicais e performances artísticas.

(com IA)

Existe em vários continentes com diferentes nomes características específicas de acordo com os materiais disponíveis e as técnicas de fabricação. “Pellet drum” e “rattle drum” são nomes por que é conhecido em língua inglesa. Tamborete de guitas (Portugal), Bolanggu (China), damaru (Índia e Mongólia), do, nodo, noedo, tao e yeongdo (Coreia), den-den daiko (Japão) são variantes deste instrumento.

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • Instrumentos começados por b
  • Tamboretes de guitas
Bolang gu, tamborete, China

Bolang gu, tamborete, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

Kouxian é uma harpa de boca tradicional da China, feita de bambu ou de metal. Semelhante a uma harpa de boca ocidental, possui algumas diferenças em termos do aspeto e características sonoras. É um lamelofone beliscado que encontra na boca do tocador a sua caixa de ressonância.

ETIQUETAS

  • Idiofones de boca
  • Lamelofones beliscados
  • Harpas de boca
Kouxian, harpa de boca, China

Kouxian, harpa de boca, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O zhangu, também conhecido como tambor de guerra chinês, é um instrumento de percussão de membrana usado na China há séculos. É um dos instrumentos mais antigos e importantes na música chinesa. É semelhante ao tanggu, o tambor de guerra mais comum na China. No entanto, o zhangu tem um som mais grave e profundo, o que o torna mais adequado para música ritual e tocado em ocasiões cerimoniais. É frequentemente utilizado em templos, festivais religiosos e rituais ancestrais.

O instrumento é geralmente feito de madeira, com uma membrana de pele de animal esticada em uma extremidade. A membrana é presa à moldura do tambor por meio de clipes ou cordas tensionadas. Para tocar, o músico segura o tambor verticalmente e bate na membrana com as mãos ou com baquetas de madeira.

O zhangu pode produzir uma variedade de sons, desde batidas fortes e marcantes até sons mais suaves. Os músicos podem controlar a intensidade e o ritmo do instrumento para criar diferentes matizes musicais. Além disso, várias técnicas de batida são utilizadas para produzir diferentes efeitos sonoros, incluindo acelerar e abafar o som.

Ao longo dos anos, o zhangu também encontrou o seu caminho na música popular chinesa, na Ópera de Pequim e na música folclórica. Em apresentações artísticas modernas, é comum combinar o zhangu com outros instrumentos de percussão para criar uma experiência musical única e expressiva.

(com IA)

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. 

  • Instrumentos musicais da China
  • tambores percutidos
  • Instrumentos começados por z
Zhan gu, tambor de guerra, China

Zhan gu, tambor de guerra, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Yaogu é um instrumento de percussão de origem chinesa. É composto por um barril de madeira, geralmente de paulownia, com peles em ambos os lados. O tambor é afixado à cintura do músico com um cinto.

É tocado usando as mãos ou baquetas de madeira. A técnica de tocar com as mãos envolve bater nas peles com as palmas das mãos abertas ou usando os dedos. Já as baquetas de madeira são usadas para produzir um som mais forte e nítido.

É frequentemente usado em apresentações de música tradicional chinesa, em especial de dança e teatro. Ele também pode ser encontrado em bandas tradicionais de rua, acrescentando ritmo e percussão às melodias.

O Yaogu é apreciado tanto por sua sonoridade única quanto por sua presença visual, pois os músicos geralmente o vestem como parte de suas roupas tradicionais. É um instrumento versátil e amplamente utilizado na cultura musical chinesa.

(com IA)

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. 

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • tambores percutidos
  • tambores em forma de barril
  • Instrumentos começados por y
Yaogu, tambor de barril, China

Yaogu, tambor de barril, China

Partilhe
Share on facebook
Facebook

O Huagu é um instrumento musical tradicional da China, especificamente utilizado na região da província de Henan. É um tambor de mão com um corpo circular revestido com duas membranas de pele de animal esticadas nas extremidades.

O tamanho e as dimensões do Huagu podem variar, mas geralmente tem cerca de 30 centímetros de diâmetro. As membranas são fixadas firmemente ao corpo do tambor com cordas trançadas.

Para tocar, o músico segura o instrumento com uma mão e usa a outra para bater nas membranas com um bastão de madeira. Dependendo da técnica do músico, é possível produzir diferentes ritmos, tons e matizes sonoros.

O Huagu é frequentemente utilizado em apresentações musicais tradicionais, especialmente nas festividades folclóricas e celebrações culturais chinesas. A sua sonoridade vibrante e rítmica adiciona um elemento energético e animado à música. Além disso, o instrumento também é usado em cerimônias religiosas e em performances de danças folclóricas.

(com IA)

Situa-se no índice 21 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais, entre os tambores percutidos, instrumentos cuja membrana é posta em vibração ao ser batida ou percutida. 

ETIQUETAS

  • Instrumentos musicais da China
  • Membranofones percutidos
  • tambores de mão
  • tambores em forma de barril
  • Instrumentos começados por h
Huagu, tambor de barril, século XIX

Huagu, tambor de barril, século XIX

Partilhe
Share on facebook
Facebook