Marimba (Angola)

Marimba, foto Ministério da Cultura e Turismo de Angola
Marimba de Angola

Manuel Neto Matos Osório Nelo, Armando Assunção Soares, Paula Catarino, Etnomatemática da Marimba: instrumento etnográfico da provincia de Malanje em Angola, in Revista Latinoamericana de Etnomatemática (Universidad de Nariño) vol. 10, núm. 1, pp. 6-20, 2017 (excerto)

A Marimba é um instrumento musical tradicional utilizado em Angola, construído, de forma empírica, por pessoas de algumas regiões da província de Malanje, mais concretamente, pelos povos ambundos.

Sabemos desde já que este instrumento é constituído por cabaças, que são semeadas no campo pelos fabricantes e que, para além de serem utilizadas na construção da Marimba, são também utilizadas como recipientes de água ou, ainda, recipientes para conservação da garapa, bebida tradicional angolana feita com farelo de milho.

Utilizam-se também troncos secos do cafeeiro, madeira especial chamada caiongo ou muhula, cordas feitas com pele de animal ( corsa ou seixa ) e pregos.

A Marimba é uma palavra que vem do termo Madimba em Kimbundu e Ndjimba em Côkwe. É ancestral do xilofone, cultivado e executado com maior incidência na comunidade histórica dos ambundos, cujo centro de difusão se encontra em Malanje, entre os Yambangala, Mbondo e os Ngola Jinga.

As suas variantes vão desde os xilofones direitos, considerados os mais antigos, até aos curvos que têm de 15 a 19 teclas que correspondem ao número de câmaras de ressonância constituídas por cabaças presas com cavilhas de madeira e cordas, usados na maior parte das vezes, em receções de entidades do governo local.

Acredita-se que parte de outros instrumentos tradicionais utilizados, anteriormente, com frequência no mundo artístico cultural, deixaram de ser usados, daí a preocupação do governo da província de Malanje em resgatar a Marimba.

A Meloteca pretende ajudar à redescoberta do património musical de Angola, dos instrumentos que ainda existem e são tocados em Angola, dar a conhecer um pouco da sua história e contribuir para a sua revitalização, no caso de terem caído em desuso.

Marimba, foto Ministério da Cultura e Turismo de Angola

Marimba, foto Ministério da Cultura e Turismo de Angola

Partilhe
Share on facebook
Facebook