Ghironda, Itália

Ghironda, Itália

Ghironda é uma sanfona tradicional de Itália, cordofone originário da Idade Média cujas cordas são calcadas por um disco giratório. O som assemelha-se ao de um violino com bordões. É capaz de produzir um zumbido usado ritmicamente por meio de uma corda apoiada numa ponte móvel (a mosca). Contudo, as suas cordas são friccionadas por uma roda com resina, acionada por uma manivela, enquanto a melodia é criada num teclado.

A ghironda tem um corpo alongado em formato de ampulheta, geralmente feito de madeira, com um tampo harmónico na parte superior. O teclado possui botões que permitem tocar diferentes notas ao aplicar pressão, enquanto a roda com resina fricciona as cordas para criar o som.

As cordas da ghironda são geralmente afinadas em quintas, e sua sonoridade única e característica é resultado da combinação entre o som friccionado das cordas e o zumbido produzido pela mosca. Esse efeito zumbidor é obtido através de uma corda que é apoiada sobre um pequeno buraco, coberto por uma mosca móvel. Quando as cordas são tocadas, a vibração da mosca cria o zumbido rítmico, adicionando um elemento percussivo ao som.

A ghironda foi popular na Itália durante os períodos da Idade Média e Renascimento, e é considerada uma das precursoras do acordeão moderno. Embora tenha perdido popularidade ao longo dos séculos, ainda é usada em algumas regiões da Itália, especialmente em música folclórica e tradicional.

O nome “ghironda” também é usado para um instrumento de percussão, uma espécie de tambor.

(com IA)

Situa-se no índice 32 do sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos. É um cordofone composto, instrumento de corda que tem caixa de ressonância como parte integrante e indispensável.

ETIQUETAS

  • Instrumentos tradicionais de Itália
  • Família das sanfonas
  • Instrumentos começados por g
Ghironda, Itália

Ghironda, Itália

Partilhe
Share on facebook
Facebook